Com camisa reciclada, Real sofre, mas vence graças a Cristiano Ronaldo

Do UOL, em São Paulo

Com uma camisa feita com garrafas plásticas recicladas, o Real Madrid não jogou bem, mas derrotou o Sporting Gijón neste sábado (26), por 2 a 1, no estádio Santiago Bernabéu, pela 13ª rodada do Campeonato Espanhol, e aumentou a sua vantagem na liderança da competição.

O time comandado pelo técnico Zinedine Zidane chegou aos 33 pontos, enquanto o Barcelona, que está na segunda posição, tem 26. A equipe da Catalunha, porém, ainda joga nesta rodada (encara a Real Sociedad neste domingo). O Sporting Gijón, por sua vez, tem apenas nove pontos e está na zona de rebaixamento.

O atacante Cristiano Ronaldo marcou os dois gols para o Real. Carmona descontou para os visitantes, que tiveram uma grande chance do empate no segundo tempo, mas Cop desperdiçou um pênalti aos 32 minutos.

Agora, o Real Madrid se concentra para enfrentar o Barcelona, no próximo sábado (3), no grande clássico do Campeonato Espanhol.

Camisa reciclada

Javier Soriano/AFP Photo
Cristiano Ronaldo comemora gol para o Real Madrid contra o Sporting Gijón
O Real Madrid entrou em campo com uma camisa diferente, feita com garrafas plásticas recicladas coletadas no mar. Tanto o escudo do clube como as marcas do fornecedor de material esportivo e do patrocinador foram desenhados num tom bem claro, quase que imperceptíveis.

"Esta é a camiseta mais bonita da história. É possível fazer roupa de alto nível com plásticos reciclados. Temos que mudar as coisas, inovar", disse ao jornal espanhol "Marca" o alemão Cyrill Gutsch, fundador da Parley of the Oceans, empresa que confeccionou a camisa.

Tudo fácil para CR7

Mesmo fora de casa, foi o Sporting Gijón que teve a primeira chance de gol da partida, com Carmona, que recebeu um cruzamento na área e chutou de primeira. A bola passou muito perto do gol de Navas. Mas tudo não passou de um susto. No minuto seguinte, o Real ganhou um pênalti. Álvarez cometeu infração em Vázquez. Cristiano Ronaldo cobrou e abriu o placar.

Com 15 minutos de jogo, o time da casa tinha 69% da posse de bola. E aos 17 minutos, Cristiano Ronaldo aumentou a vantagem no placar. O português aproveitou um cruzamento de Nacho e, de cabeça, não perdoou o goleiro Mariño.

Artilheiro isolado

Com os dois gols marcados neste sábado, Cristiano Ronaldo se isolou na artilharia do Campeonato Espanhol. Ele tem, agora, dez gols, enquanto Messi e Luis Suárez, ambos do Barcelona, têm oito cada um. Na rodada passada, contra o arquirrival Atlético de Madri, o português balançou as redes três vezes.

Sporting Gijón equilibra jogo e marca

Depois de levar os dois gols, o Sporting Gijón se ajeitou em campo e equilibrou as ações. E apesar da forte chuva que caia no Santiago Bernabéu, o time conseguiu diminuir o placar ainda no primeiro tempo. Aos 35 minutos, Modric perdeu uma bola e Carmona, no centro da área, não desperdiçou um cruzamento.

Que chance perdida!

Aos 12 minutos do segundo tempo, Benzema teve uma grande oportunidade de fazer 3 a 1. Cabeceou livre na área, sem marcação, mas em cima do goleiro Mariño. E esta foi a única chance real de gol dos mandantes no segundo tempo.

O Sporting Gijón, sem muito a perder, foi para cima do rival, que parecia já estar de olho no clássico contra o Barcelona. A equipe visitante pressionou e conseguiu um pênalti, de Nacho em Víctor Rodríguez. Na cobrança, porém, Cop isolou a bola, para alívio do Real.

Agenda

Na próxima rodada do Campeonato Espanhol, marcada para o próximo fim de semana, o Real Madrid tem o clássico contra o Barcelona, no Camp Nou, no sábado, às 13h15 (de Brasília), enquanto o Sporting Gijón recebe o Osasuna, no domingo (4).

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos