Federação Inglesa abre investigação sobre escândalo de abuso de menores

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução / BBC

    Woodward deu o pontapé inicial nas denúncias de abuso sexual

    Woodward deu o pontapé inicial nas denúncias de abuso sexual

A Federação Inglesa de Futebol (FA) confirmou neste domingo (27) que abriu investigação sobre o recente escândalo de abuso de jogadores menores de idade quando estavam nas categorias de base.

"Estamos trabalhando em conjunto com a polícia e apoiamos suas investigações. Devemos garantir que nada interfira ou comprometa o processo criminal instaurado", divulgou a federação.

A FA ainda recurou uma consultora independente para ajudar com essas questões. Kate Gallafent será responsável por fazer uma varredura interna sobre o quanto membros da entidade estavam ciente dos problemas, quais clubes estavam envolvidos e que ações deveriam ter sido tomadas.

O escândalo estourou na última semana, quando, depois de duas décadas de silêncio, o ex-jogador de futebol inglês Andy Woodward revelou em uma entrevista à BBC que sofreu abuso sexual no início de sua carreira. O acusado foi um técnico. Na sequência, teve seu exemplo seguido por outros dois atletas: Steve Walters e Paul Stewart.

A polícia britânica, então, afirmou que outros 11 jogadores entraram em contato para falar sobre casos de abuso, mas o número aumentou em quase dez vezes nos últimos dias. Segundo informações da BBC, um número para denúncias anônimas, chamado de NSPCC, já recebeu mais de 100 ligações de possíveis casos de abuso.

Quer receber notícias do futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos