No Palmeiras, Mattos já trabalha com 'Plano B' para possível saída de Cuca

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Ag Palmeiras

    Segundo dirigente, Palmeiras 'já tem uma ideia' para vaga de Cuca em caso de saída

    Segundo dirigente, Palmeiras 'já tem uma ideia' para vaga de Cuca em caso de saída

O Palmeiras já se prepara nos bastidores para uma possível saída do técnico Cuca. Contratado pelo clube até 31 de dezembro de 2016, o treinador já deu indícios de que não deverá renovar, apesar da conquista do Campeonato Brasileiro. Ao contrário, deverá optar por se dedicar a um período sabático junto à família.

Assim, o clube já pensa em um "plano B" para suprir a saída do treinador. O clube não cita nomes, mas, segundo o diretor de futebol do Palmeiras, Alexandre Mattos, já se planeja no quesito para a próxima temporada.

"Claro que a gente já tem uma ideia, mas a gente tem que respeitar a instituição, fazer as coisas direitinho. A partir de amanhã (terça-feira), tem que resolver as situações todas no Palmeiras - inclusive a minha - para a gente prosseguir ou não nessa ideia de Palmeiras sempre competitivo", afirmou o dirigente durante evento comemorativo nesta segunda-feira.

Mattos, assim como o treinador, tem contrato apenas até o final de 2016. A permanência deve ser discutida com o novo presidente do Palmeiras, Maurício Galiotte; no entanto, o próprio diretor indica que deverá permanecer.

"Tenho que definir nesta semana. A vida tem que seguir. Mas acredito que todo mundo está feliz, e quando todo mundo está feliz, precisa só se ajustar algumas coisas. Ainda não tivemos nem tempo (para conversar). O Maurício foi eleito no sábado, ontem nos conseguimos nosso objetivo (título). Hoje nós temos outra festa aqui. Tudo no seu tempo. Esta semana é para clarear muitas situações", afirmou Mattos, satisfeito com o trabalho realizado no Palmeiras desde o fim de 2014.

"O título (brasileiro) entra para a história e é o que a torcida quer. Mas o legado é toda aquela estruturação no Palmeiras. É uma revolução que não aparece ao torcedor, mas é tão importante quanto o time dentro de campo. Independente de quem esteja, não dá mais para individualizar em um esporte coletivo. Já tem uma máquina que anda por si só. Isso é fundamental para o futuro do Palmeiras. É um orgulho que eu tenho e o Paulo (Nobre) também", acrescentou.

O próprio Paulo Nobre evitou entrar em detalhes a respeito da permanência de Alexandre Mattos. Entretanto, afirma que poderá ajudar Maurício Galiotte em uma negociação pela permanência.

"Vou participar de tudo que o Maurício me demandar. A partir do dia 15, ele é o novo presidente, hoje ele já é o presidente eleito. Estou à disposição para o que ele precisar. O Maurício está apto para o desafio, foi meu primeiro vice nestes quatro anos", argumentou Nobre.

"Portas abertas"

O elenco também já adota um discurso de conformismo com a possível saída de Cuca. Para o zagueiro Thiago Martins, após um descanso planejado, o treinador poderá retornar ao Palmeiras quando quiser.

"Isso é uma escolha que o Cuca está fazendo. Acho que, se ele continuasse, seria muito bom. Daria continuidade em um trabalho que foi bem feito e que rendeu frutos, que foi ser campeão brasileiro. Mas eu tenho certeza de que ele vai dar uma descansada, vai buscar o melhor, mas ele não vai esquecer o que viveu aqui. Se um dia ele voltar, certeza que o Palmeiras vai estar de portas abertas para ele", analisou o defensor.

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos