Caixas-pretas do avião da Chapecoense são encontradas

Do UOL, em São Paulo

As duas caixas-pretas do avião que se acidentou na Colômbia, na madrugada desta terça-feira (29), foram encontradas. A informação foi confirmada pela Aeronáutica Civil colombiana, que divulgou fotos nas redes sociais.

O voo fretado tinha como destino a cidade de Medellín e carregava o elenco da Chapecoense, que disputaria na quarta-feira a final da Copa Sul-Americana. 

Além de jogadores e comissão técnica do clube catarinense, a aeronave transportava profissionais de imprensa, convidados e tripulantes. Não se sabe com exatidão o número de vítimas fatais. Seis passageiros estão sendo atendidos em hospitais da região: os atletas Follmann, Neto e Alan Ruschel, o jornalista Rafael Henzel e os tripulantes Ximena Suárez e Erwin Tumiri.

As caixas-pretas gravam ruídos da cabine de comando, como a conversa dos pilotos, e poderão auxiliar no descobrimento da causa da queda, ainda desconhecida. 

O avião sofreu o acidente em Cerro Gordo, nas cercanias da cidade de La Unión, pela madrugada. Segundo autoridades, havia 77 pessoas no voo.

A aeronave perdeu contato com a torre de controle por volta das 22h15 local (1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdova, em Rionegro, perto de Medellín. As ambulâncias com os primeiros feridos chegaram ao Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 5h (de Brasília).

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos