Diretor de agência de aviação diz que pane seca pode ser causa de acidente

Do UOL, em São Paulo

Alfredo Bocanegra, diretor da Agência Nacional de Aviação da Colômbia, deixou aberta hipótese da queda do avião ter sido causada por uma pane seca. Segundo Bocanegra, indícios apontam para essa possibilidade.

"Cada vez encontramos mais elementos porque nosso primeiro inspetor chegou, viu que não tinha combustível na atmosfera, que os corpos não tinham combustível, não houve nenhuma combustão a bordo. O que pode nos levar a conclusão de que não tinha combustível, versão que circulou. Tem de confirmar. Mas temos de checar com as gravações com a torre de controle e piloto da equipe", falou à Fox Sports Argentina.

Questionado sobre a gravidade da falta de combustível em um avião, Bocanegra não entrou em polêmicas e disse que a responsabilidade é da agência boliviana.

"Cada país tem sua obrigação de regular e inspecionar suas aeronaves. Essa é uma aeronave boliviana, confiamos em seus protocolos. Mas não temos conhecimentos em protocolos de outros países", completou.

O voo que levava a Chapecoense para Medellin caiu no trajeto que partiu de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

Bocanegra também falou que é prematuro concluir qualquer causa do acidente e que a caixa preta ajudará a esclarecer as dúvidas. Segundo o diretor, o avião estava a cinco minutos de realizar o pouso na hora da queda.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos