Clubes brasileiros fazem 1 minuto de silêncio em homenagem à Chape

Do UOL, em São Paulo

A volta de Corinthians, São Paulo, Cruzeiro e Coritiba aos treinos nesta quarta-feira (30) foi marcada por homenagens ao elenco da Chapecoense.

No Corinthians, jogadores, comissão técnica e funcionários se reuniram no centro do gramado no CT Joaquim Grava para um minuto de silêncio e oração à Chapecoense. Entre os catarinenses, quem tem mais laços no elenco que perdeu 19 jogadores em acidente aéreo é o zagueiro Vílson.

Ele foi resgatado para o futebol pela Chapecoense, em 2015, após problemas físicos em equipes anteriores. Em virtude da situação na manhã de terça, o Corinthians cancelou atividades que seriam realizadas no gramado e entrevistas no dia.

No São Paulo, atletas tricolores lembraram de Mateus Caramelo, uma das vítimas fatais. Caramelo estava emprestado pelo São Paulo para a Chapecoense. O time do Morumbi também homenageou Cleber Santana e o comentarista Mário Sérgio, que também defenderam o São Paulo.

Cabisbaixos, os jogadores do São Paulo se reuniram no banco de reservas do CT da Barra Funda e depois fizeram uma oração.

Na Toca da Raposa II, o Cruzeiro se reapresentou e repetiu os atos dos clubes paulistas ao formar uma roda no centro do gramado e rezar. Bastante abatidos, os atletas não devem conceder entrevistas nesta quarta.

Elenco, comissão técnica e funcionários do Coritiba também se reuniram em um momento de oração e reflexão em homenagem à Chapecoense.

O acidente no voo da Lamia causou a morte de 76 pessoas; 19 jogadores morreram. Estão internados os atletas Jackson Follmann, Neto e Alan Ruschel.

https://twitter.com/Coritiba/status/804032094632456192

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos