Familiares de vítimas terão tradutores e psicólogos à disposição em Medelín

Felipe Pereira

Do UOL, em Medelín (COL)

  • Divulgação/Cuenta Oficial del Departamento de Policía Antioquia

    Local da tragédia, a 30 quilômetros do aeroporto internacional

    Local da tragédia, a 30 quilômetros do aeroporto internacional

Os familiares das vítimas da tragédia com o voo da Chapecoense terão auxílio durante a passagem pela cidade de Medelín, na Colômbia. Autoridades locais estão montando uma força-tarefa para receber os estrangeiros - sobretudo os brasileiros.

Os colombianos vão colocar 222 profissionais à disposição dos parentes dos passageiros que estavam na aeronave. Os familiares terão acompanhamento psicológico, além de tradutores e assistentes sociais.

O primeiro contato se dará logo no aeroporto internacional de Medelín. No local, há um banner com o nome "Chapecoense". Dez pessoas iniciarão o processo e guiarão as pessoas para uma das salas do aeroporto. A prefeitura da cidade colombiana, por sua vez, disponibilizará quartos de hotel. 

A queda do avião ocorreu na madrugada de terça-feira, nas cercanias de Medelín. No total 71 pessoas morreram e seis ficaram feridas. Depois de pouco mais de 24 horas, somente um familiar desembarcou na cidade: a mãe do copiloto, vinda da Bolívia.

Inicialmente, havia expectativa de que familiares de jogadores, integrantes da comissão técnica e dirigentes fossem de avião à Colômbia para o reconhecimento dos corpos. As autoridades colombianas, entretanto, em contato com a Embaixada do Brasil no país, disseram que os corpos serão liberados rapidamente para que o reconhecimento seja feito o mais rápido possível no Brasil.
 
Sete integrantes do departamento médico da Chapecoense já viajaram para cuidar de detalhes iniciais do reconhecimento dos corpos). O mesmo ocorreu com integrantes do departamento jurídico e familiares do lateral esquerdo Dener, que viajarão em voo de carreira pago pela CBF.
 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos