Prefeito de Medellín cancela festa de Natal e convoca povo para homenagem

Do UOL, em São Paulo

O prefeito de Medellín, Federico Gutiérrez Zuluaga, anunciou o cancelamento do início das festividades de Natal na cidade colombiana e luto de três dias por causa do acidente aéreo envolvendo o time da Chapecoense que viajava para a Colômbia para a final da Copa Sul-Americana.

Em coletiva de imprensa, o prefeito convocou a população para homenagem na hora que aconteceria o primeiro jogo da final e cancelou as festividades natalinas. A homenagem acontecerá no estádio Estádio Atanasio Girardot, às 21h45 (Horário de Brasília). 

"Quantos de vocês, jornalistas, não fazem as mesmas coisas (viajar para coberturas). Por isso a intenção de manter a agenda (de homenagem). Quando der o apito oficial faremos primeiro um minuto de silêncio para as vítimas. Convocamos a todos os cidadãos para que cheguem ao estádio com flores e façamos um ato sincero, simples, para todas as vítimas. É uma coisa muito importante, hoje seria o começo da tradição de Natal, as festividades, mas hoje não é um dia para comemorar, mas sim para homenagear", disse Federico Gutiérrez Zuluaga em coletiva de imprensa.

"Muitas famílias perderam muitos entes queridos. Do ponto de vista de Medellín decidimos que não vamos começar as festas, não vamos ligar as luzes. Teremos luto de 3 dias, as festas estão proibidas, não vamos fazer as tradicionais festas de natal. Vamos respeitar", continuou. 

O prefeito ainda pediu que não se façam festas e nem soltem fogos de artifício. "Eu dizia para o embaixador do Brasil que sentia isso. Os cidadãos, há um sentimento real nisso. Que sintam que essa tragédia também é nossa. A partir das 18h45 (21h45 de Brasília) hoje vai ser algo muito emocionante porque todos os sentimentos estarão expostos. Tenho certeza que não caberão todos, mas vocês vão estar ao redor por isso insisto que esse sentimento é muito importante. Não há nada para celebrar, então sem fogos, festa, sem nada de nossa tradição, porque temos uma cicatriz para fechar e vamos fechar", comentou Federico.

Federico Gutiérrez ainda ressaltou que torce para que a Chapecoense seja declarada campeã e ainda falou sobre o trabalho de reconhecimento dos corpos das vítimas. "Os procedimentos avançam. Quero agradecer o esforço da medicina legal. Quero agradecer toda a forma que foi coordenada essa operação, com o governador. Esperamos que no máximo até amanhã possamos ter identificados todos os corpos". 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos