Corpos de Caio Júnior e dois auxiliares não farão parte de velório coletivo

Bruno Freitas, Danilo Lavieri, Felipe Vita e Luiza Oliveira

Do UOL, em Chapecó (SC)

  • AFP PHOTO / JUAN MABROMATA

Por opção da família, o corpo de Caio Júnior não passará pelo velório coletivo na Arena Condá, em Chapecó. A informação foi dada pelo empresário do técnico, Marcelo Lipatin, que explicou que ele irá para Curitiba.

Desde o primeiro momento após a tragédia, a intenção da família era justamente não cumprir deslocamentos grandes, a fim de evitar um desgaste ainda maior.

Segundo o agente, os corpos de Eduardo de Castro Filho, o Duca, e Luiz Felipe Grohs, o Pipe, também vão direto à capital paranaense.

A Chapecoense, por sua vez, deixou claro que gostaria de reunir os corpos de todos os brasileiros que morreram no acidente aéreo da última terça-feira. A ideia era contar até homenagear jornalistas e convidados da delegação que estavam no voo.

Na manhã desta quinta-feira, o diretor de comunicação do clube catarinense, Andrei Copetti, informou que a intenção da diretoria era ter 51 corpos na cerimônia. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos