Dança das cadeiras dos técnicos movimenta Mercado da Bola; confira

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Sadio / Site oficial do Vasco

    Cristóvão Borges voltará ao comando do Vasco na temporada que vem

    Cristóvão Borges voltará ao comando do Vasco na temporada que vem

Quatro times definiram o cenário para a temporada 2017 em relação ao comando técnico. Três deles se anteciparam e acertaram nesta quarta-feira como treinadores para o ano que vem. São eles: Vasco, Atlético-MG e Fluminense, que contrataram Cristóvão Borges, Roger Machado e Abel Braga, respectivamente.

O Palmeiras, por sua vez, comunicou que Cuca, campeão brasileiro deste ano, não irá continuar no comando do time alviverde. O clube, que sonhava com Roger, cogita duas opções: Eduardo Baptista, da Ponte Preta, e Alberto Valentim, auxiliar técnico da equipe palmeirense.

O Vasco, além de acertar o retorno Cristóvão Borges, também renovou o contrato do atacante Thalles. O autor dos dois gols da vitória sobre o Ceará no último sábado defenderá o clube por mais três temporadas - o vínculo atual do atleta iria até o dia 31 de março de 2017, mas foi ampliado até a mesma data de 2020.

Já o Grêmio perdeu a chance de contar com o atacante Felipe Garcia, de 26 anos, que defendeu o Brasil de Pelotas na Série B. O vice-artilheiro do torneio jogará no Nagoya Grampus, do Japão. O jogador chegou também a negociar com um clube do México antes de acertar a transferência para o país asiático.

Na última terça-feira, o goleiro Gatito Fernández assinou contrato de duas temporadas com o Botafogo. Aos 28 anos, o atleta chega ao time carioca após se destacar com boas atuações com a camisa do Figueirense. Ele deve substituir Sidão, que deve mesmo se transferir ao São Paulo.
 
Por fim, o meia Wagner ficou mais longe do Corinthians. O fato deu-se pois o clube está temeroso em relação ao processo que o jogador move na Fifa contra o ex-clube, Tianjin Teda, da China. A diretoria alvinegra teme que Wagner perca futuramente a ação contra a equipe chinesa.
 
Se o Corinthians contratá-lo e isso ocorrer, o clube teria de ser solidário no pagamento da indenização ao Tianjin Teda. Assim, dias depois de realizar exames médicos no clube paulista e não ter uma definição, o atleta decidiu voltar a Belo Horizonte.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos