Fernando Prass diz que não há clima para jogar última rodada do Brasileirão

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Fotoarena

O goleiro do Palmeiras, Fernando Prass, afirmou nesta quinta-feira (1º) que não há clima entre os jogadores para disputar a última rodada do Brasileirão, adiada para o dia 11 de dezembro devido ao desastre aérea com a equipe da Chapecoense.

"Se eu tivesse uma voz ativa e poder de decisão, com certeza não teria essa última rodada, como é que tu vais dar um espetáculo numa situação dessas, como vai comemorar o gol, que é a emoção do futebol? Para a gente pode ser fácil falar, porque já estamos resolvidos no Campeonato, mas a minha opinião é que deve se achar uma alternativa para essa última rodada", afirmou ao Bate-Bola, da ESPN Brasil. 

Perguntado se há um movimento dos jogadores para que a rodada derradeira do Brasileirão não seja disputada, Prass afirmou que não se trata de nada organizado, mas de um sentimento em comum entre os atletas. 

"O que tem muito é uma conversa, por afinidade, de jogadores que se conhecem, que jogaram juntos nos clubes. Mas é mais um sentimento geral para não haver rodada, não uma movimentação para isso", opinou. 

Nesta quinta, os jogadores do Internacional fizeram um anúncio, tendo como porta-voz o meia Alex, de que não gostariam de entrar em campo na última rodada do Brasileirão.

Na 17ª colocação da competição, o Inter precisa vencer o Fluminense fora de casa e torcer por no máximo um empate do Sport contra o Figueirense na Ilha do Retiro para escapar do rebaixamento. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos