Figueirense homenageará jornalistas mortos em voo com nomes em instalações

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Repórter André Podiacki (foto) dará nome a sala de imprensa no Estádio Orlando Scarpelli; já cinegrafista Djalma Araújo batizará espaço no CFT do Cambirela

    Repórter André Podiacki (foto) dará nome a sala de imprensa no Estádio Orlando Scarpelli; já cinegrafista Djalma Araújo batizará espaço no CFT do Cambirela

O Figueirense anunciou nesta quarta-feira que homenageará duas das vítimas do acidente aéreo que vitimou 71 pessoas na madrugada de segunda para terça-feira, em Medellín (Colômbia).

De acordo com o clube, o repórter André Podiacki (Diário Catarinense) e o cinegrafista Djalma Araújo (RBS) darão seus nomes a dependências do clube. O Figueira afirma que ambos "faziam parte da rotina diária do clube".

Podiacki – torcedor e sócio da equipe – batizará a sala de impensa do Estádio Orlando Scarpelli. Por sua vez, Araújo – que fazia a cobertura diária da equipe – será homenageado com um espaço na sala de imprensa do CFT do Cambirela.

Os dois viajavam para Medellín para a cobertura das finais da Copa Sul-Americana entre Atlético Nacional e Chapecoense. A equipe de Chapecó perdeu 19 jogadores no desastre, além do técnico Caio Júnior, o presidente Sandro Pallaoro e outros funcionários.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos