ONG inglesa recebe 860 ligações sobre pedofilia no futebol em uma semana

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução / BBC

    Andy Woodward foi um dos ex-jogadores que admitiram ter sofrido abuso sexual

    Andy Woodward foi um dos ex-jogadores que admitiram ter sofrido abuso sexual

A Sociedade Nacional para a Prevenção da Crueldade contra Crianças (NSPCC, na sigla em inglês), organização inglesa que luta contra o abuso sexual infantil, afirmou em comunicado que recebeu 860 ligações em uma semana sobre casos de pedofilia no futebol.

Segundo a entidade, as ligações aconteceram entre 23 e 29 de novembro, a primeira semana na qual uma linha de ajuda às vítimas funcionou. A organização ressaltou que o número de chamadas não reflete o número de pessoas, já que várias ligações podem partir de um único indivíduo. Além disso, nem todas as chamadas resultaram em denúncias.

A NSPCC criou a linha de ajuda após depoimentos dos ex-jogadores de futebol ingleses Andy Woodward, Steve Walters e Paul Stewart, que admitiram que sofreram abuso sexual de membros de comissões técnicas quando eram adolescentes.

A Federação Inglesa de Futebol (FA) abriu investigação sobre o escândalo e contratou uma consultora independente para ajudar no processo. No total, mais de 20 ex-jogadores do país já reconheceram que foram vítimas de pedofilia no futebol no início de suas carreiras.

Quer receber notícias de futebol internacional de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos