Técnico rival acusa Inter de forçar jogo da base e ignorar luto. Clube nega

Do UOL, em Porto Alegre

  • Divulgação/Inter

    Inter e Lajeadense jogam pelas categorias de base

    Inter e Lajeadense jogam pelas categorias de base

Internacional e Lajeadense jogaram a final do Estadual na categoria Sub-19 na tarde de quarta-feira. E a realização do jogo desagradou o técnico Serginho Almeida. Ele usou as redes sociais para acusar o Inter de ter pressionado pela disputa mesmo com luto nacional por conta do acidente com o voo da Chapecoense. Porém, foi desmentido pelo seu clube e pelo Internacional. 

"Lamentável a falta de respeito do Inter. Ontem a FGF (Federação Gaúcha de Futebol) cancelou o jogo entre Internacional X Lajeadense pela final do Gauchão Sub-19. Aceitamos porque não haveria clima depois da tragédia com a Chapecoense...20 minutos depois nos liga a FGF confirmando o jogo para dia 30 porque o Inter não aceitava o cancelamento. Meu Deus, tudo isso por um troféu? Foi um bom jogo e o Inter sagrou-se campeão. Comemoraram como se não houvesse nada... Enquanto os corpos dos atletas estavam sendo colocados nos caixões na Colômbia, os diretores estavam sorrindo. Absurdo é comer torta em dia de velório... Foi isso que vi. Se nós tivéssemos ganho, eu ia dar o troféu para o Inter igual. Vergonha, vergonha, vergonha. Parabéns aos jogadores e à comissão técnica do Inter, pois jogaram muito e mereceram o título. Mas direção? Vergonha, vergonha. Agora vou me calar porque preciso fazer um minuto de silêncio pelo Inter", publicou o treinador. 
 
Na manhã desta quinta, foi a vez de o Lajeadense usar as redes sociais para desmentir a versão de seu treinador. 
 
"O Clube Esportivo Lajeadense vem a público esclarecer que Lajeadense, FGF e Internacional, mesmo muito abalados com a tragédia ocorrida com nossos colegas da Associação Chapecoense de Futebol, decidiram em comum acordo realizar a partida na data determinada, devido ao Internacional iniciar neste sábado a disputa da Copa Ipiranga Sub-20. Não tendo data disponível para realização do jogo final da Copa Sub-19. Gostaríamos de esclarecer a posição oficial do clube em relação a manifestação de seu treinador nas redes sociais em seu perfil particular, não condiz com os fatos combinados entre as partes. Viemos a público pedir desculpas pelo ocorrido e parabenizar o Sport Club Internacional pelo título", publicou o perfil oficial do time do interior gaúcho. 
 
O Inter também emitiu nota oficial sobre o caso e confirmou a versão apontada pelo Lajeadense. 
 
"Categorias de Base vêm por meio desta esclarecer que o jogo da última quarta-feira (30/11) entre Internacional e Lajeadense, válido pelas decisão da Copa FGF Sub-19, ocorreu em comum acordo entre a Federação Gaúcha de Futebol, o Sport Club Internacional e o Clube Esportivo Lajeadense. Todos estamos cientes do luto e da comoção em virtude da tragédia  com  o avião que levava a delegação da Chapecoense. Antes do jogo, houve um minuto de silêncio em homenagem as vítimas do acidente. Além disso, os jogadores do Internacional entraram em campo com faixas verdes e pretas no braço. Por fim, como já foi incessantemente manifestado nos meios de comunicação do Clube, reiteramos que permanecemos solidários e desejamos forças às famílias e amigos das vítimas e a toda comunidade de Chapecó", informou o clube através de nota oficial. 
 

Declarações polêmicas de dirigente

 
A situação embaraçosa para o Inter é novo ato depois de uma polêmica ocorrida no fim da tarde de quarta-feira. Uma entrevista em que o vice de futebol Fernando Carvalho se expressou equivocadamente sobre a tragédia da Chape ganhou proporções nacionais. Em seguida, o dirigente se manifestou pedindo desculpas e admitindo o erro na colocação das palavras. 
 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos