Clubes enviam ofício à CBF para proteger Chape de rebaixamento

Danilo Lavieri e Pedro Lopes

Do UOL, em Chapecó (SC) e em São Paulo

  • Paulo Whitaker/Reuters

    Jogadores da Chapecoense prestam homenagem no gramado da Arena Condá

    Jogadores da Chapecoense prestam homenagem no gramado da Arena Condá

Os clubes da Série A do Campeonato Brasileiro enviaram nesta sexta-feira um ofício à CBF, pedindo lterações no regulamento do campeonato protegendo a Chapecoense do rebaixamento até 2019. O documento foi redigido de comum acordo, e ainda está aberto a adesão de equipes interessadas.

Até o momento, assinaram o documento o Palmeiras, o Santos, o São Paulo, o Joinville, Fluminense, Coritiba, Internacional, e Atlético-MG. O Corinthians já concordou com a medida e irá assinar – isso ainda não ocorreu devido a problemas de saúde enfrentados pelo presidente Roberto de Andrade.

O documento obtido pelo UOL Esporte lamenta as circustâncias extraordinárias, e defende a legalidade da proteção à Chapecoense contra o rebaixamento. O texto explica que a ressalva seria conhecida de antemão por todos os clubes participantes das edições do Brasileiro, por isso não violaria a necessidade de critérios técnicos de acesso e descenso, prevista no Estatuto do Torcedor.

Atualização: ao longo da tarde desta sexta, Botafogo e Vasco também assinaram o documento e já enviaram as assinaturas à CBF. Já o Atlético-GO e o Vila Nova, ambos de Goiás, sinalizaram aos demais participantes da iniciativa que não são favoráveis à proteção.

Reprodução
Oficio enviado aos clubes pedem mudança no regulamento do Brasileirão

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos