Militares usam escudo da Chapecoense no peito em cerimônia de despedida

Felipe Pereira

Do UOL, em Medellín (COL)

  • Felipe Pereira/UOL

    O subtenente Castro Rodrigues participou do resgate das vítimas

    O subtenente Castro Rodrigues participou do resgate das vítimas

Os pilotos e socorristas que estavam nos helicópteros que efetuaram o resgate das vítimas do avião da Chapecoense usaram o escudo da equipe na cerimônia de partida dos corpos.

O subtenente Castro Rodrigues, que pilotou uma das aeronaves, disse que foi uma ideia em grupo para se solidarizar com os parentes e homenagear o elenco do clube. 

"Vou guardar este escudo para sempre porque representa o trabalho e a ajuda aos nossos vizinhos".

Ele contou que a ideia partiu do grupo e um dos militares da Força Aérea se encarregou de capturar a imagem do símbolo da Chapecoense na internet e enviar para confecção. Castro afirmou que todos ficaram muito tristes em ter que transportar os 71 mortos do meio dos destroços.

O tenente coronel John Trujillo, que comandou a cerimônia de entrega dos corpos a Força Aérea Brasileira explicou que optou por uma homenagem simples e com honras militares. Os caixões entraram nos aviões ao som de uma marcha fúnebre e passaram num corredor de soldados.

"Uma cerimônia simples com honras militares para que deixem o solo colombiano como heróis", declarou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos