Tripulante boliviano que sobreviveu à queda de avião da Chape recebe alta

Do UOL, em São Paulo

O técnico de voo Erwin Tumiri, um dos seis sobreviventes da queda do avião que transportava a delegação da Chapecoense, recebeu alta médica nesta sexta-feira (2) e deixou o hospital Somer, em Rionegro, da Colômbia.

Segundo o hospital, o boliviano "saiu em condições muito boas" após quatro dias hospitalizado. Em mensagem por vídeo, Tumiri agradeceu ao povo colombiano. "Vocês agora fazem parte da minha família e quero voltar para visitá-los", declarou.

No mesmo comunicado, o hospital informou que o lateral Alan Ruschel foi transferido para o hospital San Vicente Fundación, em Medellín, por uma decisão do governo brasileiro, que "pretende concentrar todos os jogadores na mesma instituição". Segundo o Somer, Alan "segue evoluindo favoravelmente".

Os outros três brasileiros que sobreviveram ao desastre são o goleiro Follmann, o zagueiro Neto e o jornalista Rafael Henzel. Também sobreviveu a comissária de bordo boliviana Ximena Suárez.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos