Caixões de vítimas de acidente da Chapecoense são recebidos com honras

Bruno Freitas

Do UOL, em Chapecó

Os caixões com as vítimas da tragédia com o avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín foram recebidos com as mais altas honras militares na chegada a Chapecó. 

"Quando vejo essa chuva caindo aqui penso que é São Pedro chorando a morte dos jogadores", disse o presidente Michel Temer após receber os caixões no aeroporto. Ele ainda explicou que irá à Arena Condá. "Não poderia dizer que ia ao estádio ontem porque senão a segurança teria que revistar as pessoas que entram. Só comuniquei que vou lá agora, para facilitar a vida de todos". 

Um corredor com militares, todos em posição de sentido, foi formado com uma estrutura para que os corpos sejam desembarcados dos aviões. Tiros foram disparados para o alto assim que o primeiro caixão deixou o primeiro Hércules e a marcha fúnebre foi tocada. Assim que passar o último caixão, o procedimento será repetido. 

A cada um que passava, o presidente Michel Temer estende a mão em gesto de respeito. Uma tenda com autoridades - entre elas, o presidente - e outra com familiares recebem os corpos das vítimas. As famílias aplaudem a cada caixão que passa.

O presidente Temer entregará uma medalha a cada uma das famílias. Trata-se da medalha da ordem ao mérito esportivo. 

Agora os caixões seguem em caminhões em cortejo fúnebre até a Arena Condá, onde o velório coletivo será realizado. 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos