Comissário sobrevivente de tragédia vai para Bolívia e fica sob observação

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / STR ORG

Um dos sobreviventes do acidente aéreo que matou a delegação da Chapecoense nesta terça-feira, Erwin Tumiri se recuperou rapidamente e já está na Bolívia. Ele é comissário de bordo, recebeu alta na Colômbia nesta sexta-feira e agora está sob observação em sua cidade natal, Cochabamba. As informações são do jornal El Deber.

Erwin Tumiri saiu do hospital na Colômbia com um colete cervical e poucos ferimentos. Ele gravou um vídeo em que agradeceu aos colombianos pelo atendimento e depois embarcou para La Paz, capital da Bolívia. Lá ele passou por um atendimento médico no consultório do aeroporto e voltou ao salão de embarque para pegar mais um voo. Chegou em Cochabamba às 6h45 no horário local (8h45 no horário de Brasília).

Erwin Tumiri partiu rapidamente para reencontrar os parentes e ainda não deu entrevistas para imprensa, mas os passageiros que o viram no aeroporto disse que ele está bem e conversando normalmente.

O chefe do hospital em que Erwin Tumiri está internado disse que o comissário está estável, mas precisa ficar sob observação durante este sábado.

Tumiri estava lúcido quando foi resgatado, pois apareceu recentemente em um vídeo no qual conversava com policiais logo após o acidente. Ele falou normalmente e até chamou os nomes de companheiros tripulantes que morreram na tragédia.

Quer receber notícias da Chapecoense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos