'Espero encorajá-los. É o mínimo que posso fazer', diz Tite em Chapecó

Do UOL, em São Paulo

O avião com Marco Polo del Nero pousou em Chapecó por volta das 11h30 deste sábado. O presidente da CBF irá à Arena Condá para acompanhar o velório das vítimas da tragédia com a Chapecoense.

Além de Del Nero, a comitiva da CBF também contou com a presença de Tite. O treinador da seleção brasileiro cancelou uma viagem programada para a Europa, onde acompanharia algumas partidas (entre elas, o clássico desta tarde entre Barcelona e Real Madrid), para ir ao velório em Chapecó. Edu Gaspar, coordenador técnico da seleção, também faz parte da comitiva.

"Quero poder, na medida do possível, amenizar um pouco este sofrimento e encorajá-los. É o mínimo que posso fazer", disse Tite.

Del Nero definiu sua ida à Arena Condá após a confirmação da presença de outro importante cartola internacional: o presidente da Fifa, Gianni Infantino. Antes da decisão, o presidente da CBF passou alguns dias recluso e limitado a notas oficiais sobre o acidente na Colômbia. "Tudo o que pudermos fazer será feito. Faremos um balanço depois", disse o dirigente sobre o apoio da CBF aos familiares das vítimas.

Gianni Infantino e Alejandro Domínguez, presidentes da Fifa e da Conmebol, respectivamente, foram juntos ao velório na Arena Condá. ao final da cerimônia, Edu Gaspar falou sobre o momento de tristeza: "

"Não tem palavras, é tentar ser o mais solidário possível. Participar de um momento como esse é algo dos mais dolorosos do mundo esportivo, muito próximo de nossa realidade. Vamos tentar confortar as famílias com nossa presença o máximo possível."

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos