Vice da Chape diz que Del Nero prometeu título e prêmio da Sul-Americana

Bruno Freitas, Danilo Lavieri e Luiza Oliveira

Do UOL, em Chapecó

  • Luiza Oliveira/UOL Esporte

    Ivan Tozzo, novo presidente da Chapecoense, ao lado do filho Rafael

    Ivan Tozzo, novo presidente da Chapecoense, ao lado do filho Rafael

A Conmebol ainda não oficializou uma decisão, mas a Chapeceonse deve mesmo ficar com o título da Sul-Americana. Pelo menos é o que disse o presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, à diretoria do clube catarinense.

"A Chapecoense vai ser declarada campeã da Copa Sul-Americana. O presidente (Del Nero) me falou isso. Vamos inclusive receber o prêmio de dois milhões de dolares", afirmou Ivan Tozzo, que assumiu a presidência do clube após o acidente em Medellin que tirou a vida de Sandro Pallaoro, até então o mandatário.

A entrega do título à Chape foi sugerida pelo próprio Atlético Nacional, que seria o adversário dos catarinenses na final da competição. O Atlético ainda se solidarizou com as vítimas e prestou uma enorme homenagem no estádio Atanasio Girardot.

Enquanto supera a tragédia, aos poucos a Chapecoense começa a pensar na formação de um novo time para poder retomar suas atividades no futebol.

"Tivemos uma primeira etapa que foi consolar as famílias. Agora estamos na segunda que é voltar a construir o time. Na segunda-feira já vamos começar isso. O povo de Chapecó ama futebol", finalizou Tozzo.                        

Silêncio, choro e chuva de emoção: Brasil e mundo dão adeus a guerreiros

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos