San Lorenzo entrou com camisas de seus algozes da Chape: "4 dias horríveis"

Do UOL, em São Paulo

  • CULACIATTI HORACIO/AFP

A equipe titular do San Lorenzo, que acabou eliminada pela Chapecoense na semifinal da Copa Sul-ameriana, entrou em campo no último sábado pelo Campeonato Argentino vestindo as camisas que trocaram com os jogadores do Verdão do Oeste. Para toda a equipe, os últimos quatro dias, desde a tragédia aérea que vitimou 71 pessoas não têm sido fáceis.

"Diante de algo assim, você faz tudo para enfrentar a situação, mas nós estamos tocados. É impossível não pensar em todos os momentos, na troca de camisas... Esses quatro dias foram terríveis", disse o técnico do San Lorenzo, Diego Aguirreapós a vitória por 2 a 1 sobre o Olimpo de Bahia Blanca.

O San Lorenzo, que foi eliminado da competição sul-americana ao ceder um empate em 1 a 1 em casa e ficar na igualdade sem gols em Chapecó, na partida de volta das semifinais, vestiu o uniforme verde da agremiação catarinense.

"Sabíamos que ia ser um jogo difícil e que a carga emocional poderia ser um problema. Por isso, propomos que tínhamos que ser fortes. Hoje faltou contundência, clareza e jogamos o tempo todo quase amarrados, mas era essencial para obter a vitória", acrescentou o treiandor.

Abatidos, alguns jogadores do San Lorenzo até se colcoaram no lugar das vítimas.

Quer receber notícias da Chapecoense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos