CAS mantém suspensão de Blatter por seis anos

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Pierre Albouy

A CAS (Corte Arbitral do Esporte) decidiu nesta segunda (05) manter a suspensão de seis anos do ex-presidente da Fifa Joseph Blatter de todas as atividades ligadas ao futebol. 

"O apelo de Joseph S. Blatter foi negado. Como consequência, a decisão proferida pelo Comitê de Recurso da Fifa (AC FIFA) em 16 de fevereiro de 2016 continua em vigor. e do Sr. Blatter permanece proibido de participar em qualquer atividade relacionada com o futebol a nível nacional e nível internacional durante seis anos a partir de 08 de outubro de 2015 e deve pagar uma multa de CHF 50.000 (R$ 171 mil)", diz o comunicado da Corte Arbitral do Esporte.

Logo depois do anúncio de que a apelação não foi aceita, o ex-presidente da Fifa afirmou à agência de notícias AFP que "não vai mais apelar da decisão". "Eu não vou apelar na corte suíça. Eu olho para trás com gratidão por esses anos todos que eu pude lançar meus ideais do futebol e servir à Fifa", disse Blatter.  

O ex-presidente da Fifa ficou 17 anos no cargo até pedir renúncia em junho de 2015. Ele foi banido juntamente com o ex-presidente da UEFA, Michel Platini, por conta de um pagamento autorizado para o francês no valor de 2 milhões de francos por um trabalho realizado entre 1999 e 2000, mas com o pagamento efetuado apenas em 2011.

"A Corte notou que o senhor Blatter pediu a anulação do banimento, mas não pediu uma redução de pena. Foi determinada que a sanção imposta não é desproporcional e assim confirma a decisão", completa o comunicado do tribunal.

O caso foi julgado por Manfred Nan, presidente (Holanda); Patrick Lafranchi (Suíça) e Andrew de Lotbinière McDougall (Canada e França). 

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos