Pensão faz Danilinho, do Fluminense, ser preso no Rio de Janeiro

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Mailson Santana / Site oficial do Fluminense

    Meia Danilinho atuou por muito tempo no Atlético-MG

    Meia Danilinho atuou por muito tempo no Atlético-MG

O meia Danilinho, do Fluminense, foi preso dentro do clube na última sexta-feira por falta de pagamento de pensão. Ele foi liberado no mesmo dia à noite e o Tricolor disponibilizou três advogados criminalistas para o atleta.

A informação foi divulgada inicialmente pelo site Netflu e confirmada pelo UOL Esporte. Clube e jogador optaram não se pronunciar sobre o caso em um primeiro momento.

Danilinho conviveu com algumas polêmicas quando era jogador do Atlético-MG, onde foi revelado. Em 2013, por exemplo, ele foi acusado de estuprar e ameaçar uma jovem. O caso, porém, nunca foi provado.

Em sua apresentação oficial no Fluminense, em julho deste ano, ele se defendeu do rótulo de "jogador-problema".

"Todo mundo fala, mas ninguém sabe a real. Qual jogador que não faz uma festa dentro de casa? Nunca fui de sair pra boate. Sempre fazia minhas carnes assadas na minha casa e todo jogador faria isso após uma partida. Venho feliz, com a minha família, minha esposa, meu filho e com outra cabeça. Jogador sabe das responsabilidades do dia a dia", disse na ocasião.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos