Elano se despede com invasão de Dorival e elenco: "agora é professor Elano"

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Samir Carvalho/UOL Esporte

    Elano se despede como atleta e recebe homenagem de Dorival e jogadores

    Elano se despede como atleta e recebe homenagem de Dorival e jogadores

O meia Elano se despediu oficialmente da carreira de atleta e anunciou o início de sua trajetória como auxiliar técnico.  O camisa 11 foi homenageado. Ele concedia entrevista coletiva ao lado de Renato, Ricardo Oliveira e o ex-lateral Léo, quando a sala de imprensa foi invadida por Dorival Júnior e o grupo de atletas.

Os atletas entraram na sala com "gritos de guerra" a Elano e atirando água no ex-meia santista. Dorival "embarcou" na brincadeira e cobrou o elenco. "É a última brincadeira. Agora é só professor Elano", brincou o treinador.

"Agora é sério, não tem mais essas brincadeirinhas de time pequeno.  Ele não sabe o pepino que está pegando", completou.

Elano será auxiliar técnico fixo da comissão técnica de Dorival Júnior. O ex-meia ocupará a vaga de Marcelo Fernandes, afastado do cargo após desentendimento com Dorival. Empolgado com a nova função, Elano avisa que pretende ser treinador no futuro, mas evitou projeções.

"Vou exercer função de auxiliar técnico fixo juntamente com o Chulapa. Vou procurar executar os trabalhos do Dorival. Nesse momento aprender e entender o que cada atleta e o presidente pensam para poder ajudar a intermediar situações. Poder passar aos meninos o que eu venho passando, junto com Renato e Ricardo que são alicerces dos resultados que tivemos nos últimos dois anos. Dois líderes positivos, que assumem responsabilidade. Procurei auxiliar fora de campo, quando não vinha jogando, para motivar de alguma forma. Eles sabem que eu cobro porque eu sei o que tem no vestiário, qualidade de homens e atletas. Quero ser útil de trabalho, de amizade, comprometimento", disse.

"Sobre ser treinador, é cedo para eu colocar um tempo nisso. É uma carreira que se inicia. Respeito muito o Dorival, tenho muito a ouvir e aprender. Procuro sempre encostar do lado e trocar ideia para aprender. Vou me preparar. É uma vontade, mas não é em curto espaço, tenho que me preparar muito mais. Pode acontecer um dia, mas não consigo cravar se vai ser rápido ou demorar. Deve demorar. Vou aprender, estudar, entender... mas assim: estou em momento de aprendizado. No futuro, vocês vão saber porque sou direto. Hoje não consigo cravar", completou.

Em três passagens pelo Santos, Elano disputou 321 partidas, marcando 71 gols. Ele participou das duas gerações mais vitoriosas do clube no século, tendo sido bicampeão brasileiro em 2002 e 2004, época marcada por Robinho e companhia, e participado da equipe que encantou o futebol brasileiro e conquistou a Libertadores no início da década, sob comando de Neymar e Ganso. 

Pouco aproveitado dentro de campo em sua terceira passagem, que se iniciou em 2015, Elano já vinha atuando informalmente como auxiliar. O ex-jogador de 35 anos já aparecia à beira de campo orientando os jogadores mais jovens do elenco santista. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos