Jô relembra apostas valendo cervejas com Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO/Luis Acosta

Em preparação para retornar aos gramados pelo Corinthians, o atacante Jô relembrou das apostas feitas com Ronaldinho Gaúcho no Atlético-MG, em 2013. Em entrevista ao programa "Aqui Com Benja", do "FOX Sports", o jogador afirmou que R10 se comprometia a sempre colocá-lo na cara do gol.

"Jogar com ele é como jogar xadrez com quem sabe. Ele te dá o xeque-mate em três jogadas. Inclusive, dizia que se não conseguisse colocar-me na cara do gol três vezes por jogo, pagaria uma caixa de cerveja", relembrou.

Questionado sobre o melhor jogador com quem atuou, Jô elencou dois, mas não quis dizer qual seria o vencedor: Tevez ou Ronaldinho Gaúcho. Com o argentino, o atacante atuou no Corinthians, quando havia acabado de subir das categorias de base do clube paulista. A relação com Ronaldinho no Atlético-MG resultou no título da Libertadores de 2013.

Já sobre o melhor técnico, Jô não titubeou para apontar Cuca, ex-técnico do Palmeiras. O treinador foi o comandante do Atlético-MG em 2013. Jô acabou sendo o artilheiro da Libertadores e convocado por Felipão para as disputas da Copa das Confederações de 2013 e a Copa do Mundo de 2014.

"Melhor treinador não existe, pois cada um foi importante em uma etapa da minha vida. Mas profissionalmente é o Cuca, pelo momento e auge da carreira que vivi. Vim desacreditado e com ele voltei a jogar, fui campeão e até retornei para seleção. No Atlético, ele falava que não era babá de ninguém e só cobrava dentro de campo. Naquela época errávamos fora do campo e dentro dava certo", continuou.

O programa completo do "Aqui com Benja" irá ao ar na madrugada de sábado para domingo (11), à 0h.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos