Cruzeiro já procurava sucessor de Scuro e chegou a sonhar com Mattos

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Wahington Alves/Light Press

    Thiago Scuro não ficará no Cruzeiro para a temporada de 2017

    Thiago Scuro não ficará no Cruzeiro para a temporada de 2017

Thiago Scuro não ficará no Cruzeiro em 2017. O atual diretor de futebol ainda exerce a função no clube e deverá participar da procura por reforços da próxima temporada até o final do ano. Porém, o executivo já estava com os dias contados na agremiação mineira há praticamente dois meses. De acordo com a apuração do UOL Esporte, a diretoria mineira estava ciente da saída de Scuro e já estudava um nome para tocar o departamento de futebol. O retorno de Alexandre Mattos era visto como prioridade, mas isso não foi possível após sua renovação com o Palmeiras, na última sexta.

As procuras do Cruzeiro por um novo diretor de futebol começaram ainda no mês de outubro, antes mesmo do primeiro encontro diante do Grêmio, pela Copa do Brasil. Na época, o clube chegou a fazer contato com Alexandre Mattos, mas não teve sucesso na negociação. Na próxima semana, após o fim do Brasileirão, a diretoria do Cruzeiro irá conceder uma entrevista coletiva. Na pauta, estão os planos do clube para a temporada de 2017, dentre eles a efetivação de um novo diretor de futebol do clube.

Scuro chegou ao Cruzeiro em setembro de 2015 com experiência em clubes empresas como Audax-SP e Red Bull Brasil. Após a saída de Mattos, no final de 2014, o presidente Gilvan acumulou as duas funções no clube, o que não funcionou. Durante o primeiro semestre, Valdir Barbosa (gerente de futebol) e Benecy Queiroz (supervisor de futebol) também revezaram no cargo, o que também causou uma série de contradições nos assuntos envolvendo o departamento de futebol.

Sob o comando de Scuro, o Cruzeiro realizou 17 contratações. As primeiras, no início de 2016, não deram certo em sua maioria, como Sánchez Miño, Federico Gino, Bruno Nazário e Pisano. Já os reforços do segundo semestre sacudiram o elenco e ajudaram o clube a se safar do rebaixamento. São os casos de: Robinho, Edimar, Rafinha, Sóbis e Ábila.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos