Follmann deixa a Colômbia e é o primeiro sobrevivente a voltar ao Brasil

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

    Avião que traz Jackson Follmann de volta ao Brasil

    Avião que traz Jackson Follmann de volta ao Brasil

O goleiro Jackson Follmann é o primeiro dos sobreviventes brasileiros da tragédia da Chapecoense a retornar ao país. Nesta segunda-feira (12), o jogador embarcou no aeroporto de Medellín, localizado na cidade de Rio Negro, na Colômbia, rumo ao Brasil.

Em entrevista ao SporTV, Francisco Souto, médico chefe da aeronave que trará o jogador de volta ao Brasil, afirmou que ele deveria chegar entre meia-noite e uma da manhã de terça-feira (13) em São Paulo. O voo, no entanto, teve um pequeno atraso na saída, o que deve fazer com que o avião chegue mais tarde do que o programado.

Souto ainda disse que o voo fará uma escala em Manaus para abastecimento e regularização antes de seguir direto para a capital paulista, onde o goleiro será internado no hospital Albert Einstein. O avião chegou ao aeroporto Eduardo Gomes, na capital amazonense, às 19h35 e decolou por volta das 20h40.

O tempo de voo até São Paulo é de cerca de quatro horas. O pouso será no aeroporto de Congonhas. Apesar de ele ficar fechado na madrugada, há uma autorização especial para este tipo de operação.

Quer receber notícias da Chapecoense de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos