Palmeiras domina Bola de Prata; Gabriel Jesus leva prêmio de melhor jogador

Do UOL, em São Paulo

  • Cesar Greco/Agência Palmeiras

O Palmeiras dominou o tradicional prêmio Bola de Prata, com seis atletas na seleção do Campeonato Brasileiro. De quebra, Gabriel Jesus foi o melhor atleta da competição e levou a Bola de Ouro. Cuca acabou como o melhor treinador e levou a Prancheta de Prata. A premiação aconteceu no início da tarde desta segunda-feira em um teatro de São Paulo.

Jesus foi o artilheiro do Palmeiras na conquista do eneacampeonato com 12 gols marcados. Ele também foi o vencedor do prêmio oferecido pela CBF. O último palmeirense a levar a Bola de Ouro havia sido Djalminha na edição de 1996 do Brasileirão.

"Muito feliz de estar podendo receber este prêmio individual, mas tem a ajuda dos meus companheiros. Só tenho de agradecer a eles. É uma emoção grande estar aqui", disse o jogador que a partir de janeiro vai defender o Manchester City (ING). "Nem em sonho eu ia imaginar isso. Eu dedico a Deus, minha mãe, meus amigos, ao Palmeiras".

Os vencedores foram conhecidos após se ter a média de avaliações feitas por repórteres e comentaristas da ESPN Brasil a cada rodada, variando de 0 a 10. Atletas que saíram durante o campeonato foram eliminados da disputa, assim como aqueles que não participaram de ao menos 19 partidas.

Os premiados

Jaílson (goleiro - Palmeiras)
Jean (lateral - Palmeiras)
Geromel (zagueiro - Grêmio)
Réver (zagueiro- Flamengo)
Fábio Santos (lateral- Atlético-MG)
Tchê Tchê (volante-Palmeiras)
Willian Arão (volante-Flamengo)
Dudu (meia - Palmeiras)
Moisés (meia- Palmeiras)
Robinho (atacante - Atlético-MG)
Gabriel Jesus (atacante - Palmeiras)
Cuca (técnico-Palmeiras)

Os atacantes Fred, William Pottker e o meia Diego Souza ganharam o prêmio de artilheiro. Cada um marcou 14 gols ao longo do campeonato.

Camilo ganha prêmio de gol mais bonito

O meia do Botafogo Camilo ganhou o prêmio de gol mais bonito em votação popular. O jogador foi premiado por causa da bicicleta que acertou contra o Grêmio em vitória por 2 a 1 no dia 4 de setembro.

Premiação especial para mulheres

Neste ano, foi entregue pela primeira vez a Bola de Prata para uma mulher. E a meio-campista da seleção brasileira Formiga, de 38 anos, presente em seis edições dos Jogos Olímpicos. Ela não pôde participar do evento pois está com a equipe nacional na disputa de um torneio em Manaus.

Pelé ganha Bola de Ouro

Durante a cerimônia, um vídeo mostrou Pelé recebendo uma Bola de Ouro, uma premiação que ele não estava apto a receber em sua época de jogador por ser considerado hors concours. "É um momento importante da minha vida. Eu só tenho que agradecer a Deus e a todos que me ajudaram a ganhar este prêmio", disse.

Cerimônia marcada por homenagens

A entrega da Bola de prata teve um tributo à Chapecoense e aos atletas mortos no acidente aéreo na Colômbia. A mãe do goleiro Danilo, Ilaídes, esteve no palco para receber um troféu especial. 

"É uma homenagem queria que ele recebesse em vida. Estamos fazendo de tudo para não deixar que a memória dele se acabe e que este momento seja eternizado. Todos querem prestar uma homenagem. Agradeço de coração o carinho com as pessoas de Chapecó", afirmou.

Carlos Alberto Torres, morto em 25 de outubro após um infarto fulminante, também foi homenageado na cerimônia. O seu gol na final da Copa de 1970 contra a Itália foi exibido no telão, com direito a análise tática.

Os campeões de 70, foram os responsáveis por entregar os troféus.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos