Tite diz que se sente responsável por momento ruim do Corinthians

Do UOL, em São Paulo

  • Mariana Bazo/Reuters

    Tite deixou o Corinthians para assumir a seleção brasileira em junho

    Tite deixou o Corinthians para assumir a seleção brasileira em junho

O técnico da seleção brasileira, Tite, afirmou em entrevista à TV Gazeta que se sente parcialmente responsável pelo momento ruim do Corinthians. A equipe alvinegra caiu de rendimento após a saída do treinador, em junho, e terminou em sétimo no Campeonato Brasileiro, fora da Libertadores de 2017.

"Responsabilidade é o termo que gosto de usar, porque culpa individualiza. Mas tem, porque eu estava inserido em um planejamento todo e não imaginava que iria para a seleção. Foi muito difícil decidir, mas tomei a decisão. Se eu tivesse permanecido, essa estabilidade [do Corinthians] poderia ser maior", disse.

O treinador também defendeu a conduta do presidente corintiano Roberto de Andrade, que é alvo de um processo de impeachment que tramita no clube. O mandatário é acusado de assinar documentos relativos à Arena Corinthians em datas anteriores à sua posse, em fevereiro de 2015. Ele nega que tenha cometido fraude.

"O que eu posso falar, nesses quatro anos que eu tive de relação, é que a palavra que o Roberto me dá na frente, eu viro as costas e vou muito tranquilo. Porque para outras 10, 20, 50, ou 2 milhões de pessoas, ele vai falar a mesma coisa. Honestidade, palavra e conduta, para comigo, ilibadas. Eu tenho muito orgulho de ter uma relação pessoal e de ser amigo do presidente Roberto".

Quer receber notícias do Corinthians de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos