Atlético Nacional lamenta chances perdidas em derrota para japoneses

Do UOL, em São Paulo

O Atlético Nacional não reclamou da polêmica do árbitro de vídeo ao ser derrotado por 3 a 0 pelo Kashima Antlers na semifinal do Mundial de clubes da Fifa nesta quarta-feira (14). O artilheiro Miguel Borja e o técnico Reinaldo Rueda lamentaram os erros do clube colombiano na hora de apontar o que deu errado na derrota na entrevista pós-jogo.

"Não faltou tranquilidade ao manejar a partida", disse Rueda na entrevista após o jogo. "Foi um jogo que não soubemos assimilar o placar adverso, encontramos um rival que nos contra-atacou muito bem e, bem, ao final perdemos a ordem e produto isso é o resultado."

"Não foi uma partida muito boa, mas insistimos até o fim. Acabaram conosco no contra-ataque. A verdade que somos responsáveis pelo que aconteceu. Só nós. Agora é levantar a cabeça, pensar no que vem e saber que aqui não acaba o futebol. Penso que faltou um pouco de concentração na hora de definir, mas temos que deixar isso para trás, virar a página e saber que o que vem é muito melhor", opinou Borja.

Rueda ainda elogiou o desempenho dos japoneses, que se aproveitaram do desespero do Nacional em busca do empate durante todo o segundo tempo. "Adiantamos as linhas, jogaram muito bem no espaço livre e souberam concretizar", analisou o treinador.

O Atlético Nacional não encerrou sua participação no Mundial de clubes, pois terá pela frente o clube derrotado na semifinal entre Real Madrid e América do México na disputa de terceiro lugar. A partida será uma prévia da final, no Estádio Internacional de Yokohama , às 5h (de Brasília).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos