Coordenador de base da CBF recusa oferta do Cruzeiro

Enrico Bruno e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Lucas Figueiredo / MoWA Press

    Erasmo Damiani, coordenador de base da CBF, rejeitou oferta do Cruzeiro

    Erasmo Damiani, coordenador de base da CBF, rejeitou oferta do Cruzeiro

O Cruzeiro recebeu uma resposta negativa de Erasmo Damiani e terá que procurar outro nome para a diretoria de futebol, cargo que ficará vazio a partir de sábado (17), quando Thiago Scuro se desligará do clube.

O coordenador das categorias de base da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não aceitou deixar a entidade para se tornar o homem forte do esporte na Toca da Raposa II.

A recusa foi devido ao fato de ele não ter certeza da manutenção no posto ao término do mandato de Gilvan de Pinho Tavares, em dezembro de 2017. Caso o candidato apoiado pelo presidente não seja eleito, uma troca na direção de futebol não está descartada.

Erasmo Damiani é o segundo a rejeitar uma proposta do Cruzeiro para o cargo. Alexandre Mattos, executivo do Palmeiras, optou pela permanência na Academia de Futebol em detrimento de um retorno à Toca da Raposa II.

Procurado ainda em outubro, o "braço direito" de Paulo Nobre nas conquistas da Copa do Brasil 2015 e do Campeonato Brasileiro 2016 informou o fato a Bruno Vicintin, atual vice-presidente de futebol cruzeirense. Ele renovou contrato com os paulistas por duas temporadas.

Quer receber notícias do Cruzeiro de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos