Gilberto Silva deixa cargo de diretor no futebol grego após sete meses

Do UOL, em São Paulo

  • Instagram/Reprodução

    Brasileiro voltou ao clube em maio

    Brasileiro voltou ao clube em maio

O Panathinaikos anunciou nesta quarta-feira (14) a saída do ex-jogador brasileiro Gilberto Silva. Ele ocupava o cargo de diretor esportivo do clube grego desde maio deste ano.

O clube informou a mudança em um comunicado oficial. "Panathinaikos FC e Gilberto Silva chegaram a um acordo de término de contrato consensual. Durante seu tempo como diretor esportivo, ele honrou o clube ao representa-lo", diz o texto.

"Damos adeus a um dos maiores homens do futebol que já foi associado com o nosso clube. Seu status e a longevidade de sua relação com o Panathinaikos fazem dele uma parte permanente da nossa história e isso nunca vai mudar", continua. "Desejamos Gilberto todo sucesso no futuro."

Antes de assumir o cargo executivo, o ex-volante, aposentado em 2015 após passagem pelo Atlético-MG, havia defendido a camisa do Panathinaikos por duas temporadas. Ele atuou no futebol grego de 2009 a 2011, após passagem de sucesso pelo Arsenal.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos