Justiça espanhola oficializa acordo do Barcelona sobre "caso Neymar"

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / JOSEP LAGO

O Tribunal de Justiça de Barcelona emitiu nesta quarta (14) a sentença definitiva a respeito do Caso Neymar que envolve um acordo entre o Barcelona e a Fiscalia espanhola por delitos fiscais do clube catalão na transação de compra do brasileiro.

O acordo já havia sido anunciado, no entanto, só nesta quarta que a justiça oficializou o feito por meio de sentença. Na sentença, o Barcelona é condenado por delitos fiscais e multado em 4,6 milhões de euros (R$ 16,30 milhões) e 1,4 milhão (R$ 4,96 milhões).

A sentença leva em conta ainda uma série de atenuantes como reparação de danos e adoção de medidas para evitar novos delitos como o Caso Neymar.

Esse acordo é entre o Barcelona e a Fiscalia e estava previsto para sair desde o começo do segundo semestre de 2016. Ainda há um outro processo em trâmite, que, além do clube, envolve ainda o próprio jogador.

No final de novembro o Ministério Público espanhol pediu a condenação de Neymar a dois anos de prisão e ao pagamento de uma multa de 10 milhões de euros (R$ 35,9 milhões). O processo acusa o jogador de ajudar a fraudar sua transferência do Santos para o clube catalão, em 2013.

Quer receber notícias do Barcelona de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos