Cruzeiro já anunciou volta, mas Fabiano ainda pode ficar no Palmeiras

José Edgar de Matos e Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo e em Belo Horizonte

  • REUTERS/Paulo Whitaker

    Fabiano marcou o gol que garantiu o título do Palmeiras diante da Chapecoense

    Fabiano marcou o gol que garantiu o título do Palmeiras diante da Chapecoense

"Trouxemos o Fabiano de volta para fortalecer a lateral direita". Foi o que disse Bruno Vicintin, vice-presidente de futebol do Cruzeiro, nessa terça-feira (13). Contudo, a situação ainda está indefinida, porque o Palmeiras tem interesse e prioridade na compra dos direitos econômicos do atleta até 31 de dezembro.

Embora não se pronuncie oficialmente, a ideia dentro do clube é de contar com o lateral direito para a próxima temporada. Reserva durante a maior parte do período de empréstimo, Fabiano ganhou espaço na reta final de 2016 e cavou um lugar entre os titulares de Cuca.

O gol contra a Chapecoense, o primeiro anotado pelo jogador em São Paulo e responsável por garantir o título brasileiro ao clube palestrino, reforçou ainda mais a relação entre as duas partes. Fabiano deseja permanecer na capital paulista para disputar a Copa Libertadores de 2017.

O Palmeiras possui preferência para a compra do lateral, preso ao contrato de empréstimo até o próximo dia 31. O clube ainda estuda a melhor forma para adquirir o jogador em definitivo; a decisão passará pela nova gestão de Maurício Galiotte, que assume como presidente na sexta-feira.

"O Palmeiras até então estava nesse processo da presidência, do novo presidente. Tinha a questão do Campeonato Brasileiro. Mas o clube já externou que gostaria de contar com o Fabiano, de fazer uma composição de compra do atleta. Mas vamos sentar, conversar para ver qual o melhor cenário", contou Titi, empresário do jogador:

"Ficamos de fazer uma videoconferência (com Alexandre Mattos) para conversar sobre isso e definir qual o melhor caminho", acrescentou.

O problema é que, para contratar Fabiano em definitivo, o Palmeiras precisará desembolsar o montante fixado nas minutas de seu vínculo de empréstimo. A diretoria ainda não decidiu se pagará esta quantia ou tentará uma nova composição financeira. O agente do jogador, porém, crê que o valor "não é nada absurdo".

"Foi uma cláusula de comum acordo, não é nada absurdo. O Palmeiras teria condições de honrar com a cláusula tranquilamente. Devido à sua capacidade, ao seu perfil (de jogador) europeu, não vejo como um valor nada absurdo", disse Titi, que explica qual é a intenção do atleta para 2017:

"Hoje, uma situação de Libertadores é muito sedutora. Mas são dois grandes clubes. O Cruzeiro abriu a porta para o Fabiano. Ele teve oportunidade de ir para o Palmeiras, se destacou, ganhou o seu espaço no clube. Vai depender da conversa. Mas a gente sabe que são dois grandes clubes. Fabiano já disputou uma Libertadores recentemente", concluiu.

Quer receber notícias de Cruzeiro e Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos