Médico diz que tempo dirá se Neto voltará ao futebol: "é uma consequência"

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Sportv

Último sobrevivente do acidente com o avião da Chapecoense que permanecia na Colômbia, o zagueiro Neto retornou ao Brasil nesta quinta-feira (15) à noite. Em entrevista coletiva no hospital, o médico Edson Stakonski respondeu sobre a possibilidade do atleta de voltar ao futebol e disse que o tempo responderá.

"Jogar futebol é uma consequência. Neto é um lutador, ficou oito horas para ser resgatado, ficou muito mal há alguns dias, muito mal mesmo. Em menos de uma semana estamos no Brasil com ele consciente. Se ele vai voltar ao futebol? Chance há, mas isso é o tempo. Não existe experiência nesse acidente, é uma queda de avião onde 71 pessoas morreram".

O avião que trouxe Neto chegou à cidade de Chapecó na noite desta quinta-feira. Neto ficará internado no mesmo hospital em que estão o jornalista Rafael Henzel e o lateral Alan Ruschel.

"O Neto vai passar pelo mesmo processo do Rafael e do Alan. Estamos vendo os antibióticos, vai ser feita uma checagem geral. Ele não tem nenhuma fratura que não tenha sido vista lá, precisamos reavaliar para ver como eles chegaram e saber como vão seguir. Quando tivermos segurança, daremos alta a eles", explicou Stakonski.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos