Neto posa para foto ao lado de homem que o resgatou após acidente

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução/Facebook

    Zagueiro Neto posa para foto ao lado de guarda que o resgatou

    Zagueiro Neto posa para foto ao lado de guarda que o resgatou

O zagueiro Neto posou ao lado do guarda que o resgatou do local do acidente com o avião da Chapecoense. Em sua primeira foto pública após ser resgatado, o jogador apareceu em imagem tirada ainda no hospital de Rionegro, na Colômbia, local onde recebeu os cuidados médicos necessários até poder ser transferido para o Brasil. 

Neto aparece no hospital ao lado do policial Marlon Lengua, o qual conseguiu escutar o chamado de Neto no local do acidente e resgatar o jogador. O zagueiro foi retirado dos escombros 7 horas depois da queda do avião que levava a delegação da Chapecoense para Medellín e matou 71 pessoas.

O irmão, Leonardo Zampier, foi quem mostrou a foto junto com uma mensagem emocionada. Neto chegará ao Brasil nesta quinta (15). Ele desembarcará no Aeroporto de Chapecó por volta das 21h. 

"Deus é amor. E amor foi ao lado o que senti aqui de todos que o ajudaram, sejam com suas habilidades, sejam com suas orações, sejam os nativos daqui ou de qualquer lugar do mundo.

Aqui vão meus agradecimentos a Deus e a esses anjos da guarda que cuidaram tão bem do meu irmão aqui na Colômbia.

Sintam-se abraçados fortemente por toda nossa família e amigos, sejam vocês socorristas, médicos, enfermeiros, voluntários, polícia, etc. De coração.

Não ia citar alguém, por receio de ser injusto, mas esse cara aqui, eu penso que, não fosse a atenção, insistência e intuição dele, possivelmente não estaríamos aqui, nos despedindo da Colômbia e retornando ao Brasil com a missão cumprida!!!

Muito obrigado Marlon Lengua!!! Muito obrigado Colômbia!!! Muito obrigado Brasil!!! Muito obrigado Mundo!!!

#missaocumprida #ZagueiroNeto #DeusÉAmor#MãeSempreSabeDasCoisas #AquiÉPavuna", diz o texto do irmão do jogador.

Neto é o último sobrevivente brasileiro do acidente com o avião da Lamia a deixar a Colômbia. Os outros três brasileiros, Jackson Follmann, Rafael Henzel e Alan Ruschel, já recebem os cuidados médicos no Brasil. Follmann está em São Paulo, onde passou por cirurgia na coluna. Henzel e Ruschel estão internados em Chapecó.  A tripulante Ximena Suarez ainda está recebendo cuidados na Clínica Somer, na Colômbia e deve voltar à Bolívia nesta sexta (16). . 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos