Sem receber há 7 meses, funcionários do Santa Cruz voltam a entrar em greve

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Santa Cruz

    Alírio Moraes, presidente do Santa Cruz, conversa com funcionários do clube em greve

    Alírio Moraes, presidente do Santa Cruz, conversa com funcionários do clube em greve

A crise no Santa Cruz continua. Assim como aconteceu no mês de outubro funcionários voltaram a entrar em greve por conta de salários atrasados. Eles paralisaram as atividades na manhã desta quinta-feira.

O atraso nos salários dos funcionários do clube coral já chega a sete meses, incluindo 13º. Já a maioria dos jogadores está com quatro meses de salários atrasados.

Os funcionários já haviam realizado uma greve no mês de outubro, mas após uma reunião com o presidente Alírio Moraes resolveram retomar as atividades.

Rebaixado para a Série B, o Santa Cruz já começa a sofrer com a montagem do elenco para a próxima temporada. Grafite, principal goleador do time na temporada, deixou o clube e está perto do Atlético-PR.

Em contrapartida, o Santa Cruz já tem um novo técnico para iniciar os trabalhos visando 2017. Trata-se de Vinícius Eutrópio, ex-Figueirense, Ponte Preta e Chapecoense.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos