Presidente do Santos anuncia reeleição e adia renovação de Dorival

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Santos FC

    Modesto Roma deve concorrer as eleições no Santos em dezembro do próximo ano

    Modesto Roma deve concorrer as eleições no Santos em dezembro do próximo ano

O presidente do Santos, Modesto Roma, revelou que será candidato a reeleição a presidência do Santos em dezembro de 2017. Por conta disso, o mandatário alega que não pode renovar o contrato do técnico Dorival Júnior, que termina no fim de seu mandato. O dirigente considera antiético definir o comandante da equipe santista antes das eleições.

"Técnico depende do presidente. Eu não sei se vou ganhar as eleições. Se eu não ganhar quero deixar o direito a quem me suceder de escolher o técnico. Eu trabalhei com um técnico da gestão anterior que não me agradava (Ederson Moreira). Então, temos de ter calma com isso (renovação)", afirmou Modesto Roma.

"Primeiro preciso ver a eleição (renovação do Dorival). Eu sou candidato com César Conforti como vice (atual vice-presidente do clube). Mudei de ideia pela necessidade do clube (sobre reeleição)", completou.

Modesto Roma acredita que Dorival Júnior continuará pressionado no cargo pelo fato de dirigir um clube grande. Nesta temporada, o treinador teve o cargo ameaçado e houve campanha dos conselheiros para o retorno de Vanderlei Luxemburgo. Em contrapartida, o dirigente ressalta que se ganhasse a eleição hoje, Dorival continuaria no comando do time.  

"Hoje, se eu ganhasse, ele (Dorival) seria o meu técnico. Mas nunca vai acalmar com nenhum treinador. Me diz um nome (que acalme)?", disse.

O dirigente santista ainda revelou que Dorival Júnior ganhará um aumentos salarial a partir de janeiro do próximo ano, como revelou com exclusividade o UOL Esporte em outubro deste ano.

"Ele tem aumento contratualmente. Fizemos um contrato que previa isso até 2017", declarou.

Modesto Roma também não teme perder Dorival Júnior para outros clubes do futebol brasileiro. O Corinthians, por exemplo, está sem técnico após a demissão de Oswaldo de Oliveira e já sondou o comandante santista nesta temporada.

"O Dorival disse que foi procurado por um intermediário do Corinthians, mas disse que não tinha interesse. Ele nos comunicou", lembrou Modesto que o arquirrival sondou a contratação de Dorival antes de fechar com Cristovão Borges e Oswaldo de Oliveira neste ano.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos