Um dos donos do PSG, xeque visita Arena Condá e faz convite à Chape

Daniel Fasolin

Colaboração para o UOL, em Chapecó

  • Assessoria Chapecoense

    O xeque Al-Thani entrega presente a Luciano Buligon, prefeito de Chapecó

    O xeque Al-Thani entrega presente a Luciano Buligon, prefeito de Chapecó

Um dos donos do Paris Saint-Germain, o xeque Hamad Bin Khalifa Bin Ahmed Al-Thani chegou a Chapecó na manhã deste sábado e fez uma visita à Arena Condá em solidariedade ao clube, em razão do acidente aéreo sofrido pela delegação da Chapecoense na Colômbia, no final de novembro.

Na última sexta-feira, o xeque visitou a sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e disse que faria um convite ao time sub-17 da Chapecoense para uma competição internacional da categoria, em janeiro, em solo catari.

Al-Thani chegou à cidade catarinense por volta das 10 horas da manhã deste sábado, em seu jato particular, acompanhado de assessores e também do embaixador do Qatar no Brasil, Jamal bin Nasser Albader, além do ministro dos Esportes, Leonardo Picciani. O visitante foi recepcionado na Arena Condá pelo novo presidente da Chapecoense, Plinio Davi de Nês Filho, o Maninho. 

Já no gramado da Arena Condá, Al-Thani recebeu uma bola autografada pelo prefeito de Chapecó, Luciano Bulligon. O político falou brevemente das novas melhorias de infraestrutura que o estádio necessita e ainda bateu uma bola com o visitante. Após o momento de descontração no gramado, todos foram convidados a conhecer a sede da Chapecoense, onde ficaram reunidos por cerca de meia hora, sem que a imprensa tivesse acesso.

No final da visita, o xeque concedeu um breve depoimento aos jornalistas presentes, mas seu estafe não abriu sessão de perguntas. Al-Thani manifestou apenas que a visita teve o objetivo de "estreitar os laços" entre o Qatar e o clube catarinense.

O xeque Hamad Bin Khalifa Al-Thani é presidente da Federação do Qatar de Futebol. Em 2011, a Qatar Sports comprou 70% das ações do PSG que, desde então, tem feito contratações milionárias no futebol.

Al-Thani, juntamente a sua família, é acionista da Qatar Sports, um fundo criado pelo Estado para fazer investimentos fora do país. No PSG, a figura do clá mais atuante é Tamim Bin Hamad Al-Thani, atual emir do Qatar.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos