Casemiro comemora 'ano incrível' e admite: "sabíamos que seria difícil"

Do UOL, em São Paulo

  • Toshifumi Kitamura/AFP

    Casemiro foi mais uma vez titular do Real Madrid na decisão do Mundial

    Casemiro foi mais uma vez titular do Real Madrid na decisão do Mundial

Com a vitória sobre o Kashima Antlers neste domingo, o Real Madrid termina 2016 com três títulos na conta: Mundial de Clubes, Liga dos Campeões e Supercopa da Uefa. Um 'ano incrível', segundo Casemiro, que em entrevista após a vitória por 4 a 2 em Yokohama admitiu que o time espanhol já esperava uma partida complicada diante dos japoneses.

O Real Madrid chegou a ficar atrás no placar, mas reagiu na prorrogação e, com dois gols de Cristiano Ronaldo no período complementar, acabou superando o Kashima Antlers.

"Primeiro muito feliz pelo título. Sem dúvida um ano incrível para nós, mas não podemos baixar a guarda que ainda falta Liga, Champions, Copa do Rei, e queremos ganhar todos. É uma final, sabíamos que ia ser difícil, lutamos até o fim e isso é o Real Madrid, tem que acreditar até o fim", disse Casemiro, que ressaltou a qualidade do time adversário, que na semifinal já havia surpreendido e derrotado o Atlético Nacional, atual campeão da Libertadores.

"Acho que é uma final, tem que respeitar o rival, eles têm qualidade e por isso estão na final, derrotaram o Medellín, então sabíamos que ia ser difícil. Foi um jogo difícil, mas parabéns a todos porque ganhamos bem", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos