Melhor do Mundial, CR7 admite: "não esperávamos que jogassem tão bem"

Do UOL, em São Paulo

  • Issei Kato/Reuters

Autor de três gols na final, o português Cristiano Ronaldo foi eleito o melhor jogador da decisão e também de todo o Mundial de Clubes. Feliz com o desempenho pessoal e do time, ele foi sincero sobre a vitória na prorrogação do Real Madrid sobre o Kashima Antlers por um placar agregado de 4 a 2.

"Minha mãe, foi um jogo de muito sofrimento, não esperávamos que iam jogar tão bem, mas jogamos bem também. Sofremos um pouco, mas as finais são assim, tem que sofrer. É um troféu que queríamos muito e, como disse, queríamos terminar o ano da melhor maneira", disse.

Sobre a sua performance individual, Cristiano Ronaldo disse que fechou a temporada com chave de ouro. Ele empatou de pênalti durante o segundo tempo e forçou a prorrogação, quando anotou mais dois gols e garantiu a conquista.

"Impressionante já algumas vezes. Foi um ano de sonho. Terminar assim não esperava, ganhar a final e fazendo três gols", continuou.

Cristiano Ronaldo ainda comemorou nesta semana a Bola de Ouro de melhor jogador da temporada."Se espera sempre mais de Cristiano, dou sempre o meu melhor. Quando não dou é porque não posso. Foi uma semana de muita alegria, primeiro ganhar a bola de ouro e depois o Mundial", completou.

Quer receber notícias do Real Madrid de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos