'Espero que a Justiça consiga punir os responsáveis', diz Rafael Henzel

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O jornalista Rafael Henzel, um dos quatro brasileiros sobreviventes ao desastre aéreo com o avião da Lamia, afirmou que espera agora que a Justiça consiga punir os responsáveis pela morte das 71 pessoas.

"Aguardo ansioso para que a Justiça brasileira, o Ministério Público não deixe passar. Precisamos tomar providências. Não podemos ter um desastre aéreo assim. Que a justiça consiga punir os responsáveis", disse em entrevista ao SporTV na manhã desta terça-feira. 

Henzel recebeu alta na noite de segunda-feira e já está em casa, de onde participou do programa Redação Sportv.

"Esta estada em Chapecó tem sido muito boa. Estar em casa revigora. Faz com que possa me recuperar da melhor maneira. Não que na Colômbia não fosse assim, mas você está em outro país. Estar em casa é muito melhor, revigorante. Estou muito feliz", afirmou.

"Depois de uma coisa como esta, você começa a dar valor às mínimas coisas, como se deslocar, ir ao banheiro, sentar, mexer os pés, as mãos, poder abraçar pessoas que você gosta", disse Henzel, que reafirmou o desejo de voltar a trabalhar em janeiro.

O jornalista afirmou também que a volta dele, de Alan Ruschel, Neto e Jackson Follmann serviu para mudar o ambiente da cidade de Chapecó.

"Todos nós temos a responsabilidade de levar mensagem que é preciso ir adiante. Não podemos viver o luto eterno. Nossa volta deu alento ao morador", disse.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos