Juiz alega falha de comunicação e diz que não expulsaria Sergio Ramos

Do UOL, em São Paulo

  • Reprodução

O árbitro de Zâmbia Janny Sikazwe explicou a sua polêmica decisão de não expulsar o zagueiro do Real Madird Sergio Ramos nos minutos finais do tempo regulamentar da final do Mundial de Clubes, contra o Kashima Antlers.

Em entrevista ao portal Filgol.com, o juiz disse que houve uma falha de comunicação com um de seus assistentes e que não tinha mesmo a intenção de mostrar o segundo amarelo e o vermelho para o espanhol. Ele chegou a colocar a mão no bolso.

"Foi uma falha de comunicação; Só aconteceu por uma falta de comunicação entre meu assistente e eu. Ele me indicou a falta e me disse pelo comunicador: 'sem cartão'. Entretanto, eu entendi: 'com cartão'. Não foi mais que isso. Uma falta de entendimento", explicou.

"Não foi uma decisão pela arbitragem de vídeo, senão algo que ficou entre eu e meu assistente", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos