Indefinição com a Crefisa faz Palmeiras adiar avanço por reforços de peso

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo (SP)

  • José Edgar de Matos / UOL Esporte

    Galiotte e diretoria confiam na renovação do patrocínio; o valor pode até aumentar

    Galiotte e diretoria confiam na renovação do patrocínio; o valor pode até aumentar

Depois de anunciar o primeiro pacotão de reforços durante a semana, o Palmeiras continua de olho no mercado da bola. Para avançar de maneira mais forte, especialmente sobre reforços de peso, o atual campeão aguarda uma definição: a renovação de contrato com a Crefisa, principal patrocinadora do clube de Palestra Itália.

O atual contrato com a empresa vence no dia 31 de janeiro. Somente depois de uma definição sobre este caso, como a possível valorização do patrocínio em relação ao atual contrato (R$ 78 milhões), o clube acelerará a busca por nomes mais badalados no mercado.

Leila Pereira, proprietária da Crefisa, prometera a Maurício Galiotte – e publicamente – auxiliar o Palmeiras fora o contrato de patrocínio. A proprietária, que tem uma relação muito mais cordial com o atual presidente do que em comparação a Paulo Nobre, ainda aguardará as próximas semanas antes de discutir novamente os termos da renovação.

Deste grupo, quatro nomes entram no pacote. Além do já encaminhado Alejandro Guerra (Atlético Nacional-COL), Gustavo Scarpa (Fluminense), Lucas Pratto (Atlético-MG) e Edwin Cardona (Monterrey, do México) agradam.

Pratto se encontra entre as preferências de Leila Pereira; o Atlético-MG exige 15 milhões de euros pelo centroavante, enquanto o Palmeiras procura a diminuição do valor para viabilizar o negócio.

Gustavo Scarpa e Edwin Cardona também são nomes potencializados pela renovação do patrocínio. O Palmeiras estuda como convencer Fluminense e Monterrey, respectivamente, a vender os dois atletas.

Além da renovação, vista por Leila e Maurício Galiotte como algo protocolar antes do 'caso Crefisa' – Paulo Nobre vetou a candidatura da proprietária da empresa ao Conselho Deliberativo -, o Palmeiras encontra outros recursos em mãos para investir.

Até o final do ano, o clube espera receber quase R$ 80 milhões do Manchester City pelo restante da transferência de Gabriel Jesus. O clube ainda possui quase R$ 15 milhões das luvas da assinatura com o Esporte Interativo.

Mesmo no topo do futebol nacional após conquistar o Campeonato Brasileiro, o Palmeiras iniciou o mercado da bola com uma postura agressiva. Somente nos últimos dias, três nomes foram anunciados: os meias Hyoran (ex-Chapecoense) e Raphael Veiga (ex-Coritiba) e Keno (ex-Santa Cruz).

Quer receber notícias do Palmeiras de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos