Jardel tem mandato de deputado no RS cassado por unanimidade

Do UOL, em São Paulo

  • Vinicius Reis/Agência ALRS

    Processo de cassação de Jardel durou mais de um ano e terminou nesta quinta-feira

    Processo de cassação de Jardel durou mais de um ano e terminou nesta quinta-feira

Ex-jogador e atualmente deputado estadual, Mário Jardel (PSD) teve seu mandato cassado pela Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul. Nesta quinta-feira (22), a decisão aconteceu por 51 votos a 0.

O ex-jogador não compareceu a sessão e os advogados de defesa não se manifestaram dentro da janela de defesa.

Jardel é acusado de quebra de decoro parlamentar e empilhou atestados médicos nos últimos meses para se ausentar e estender o processo de cassação.

Agora, a Assembleia Legislativa dará prazo de 30 dias, prorrogável por mais 30 dias, para que o suplente assuma a cadeira deixada por Jardel.

O processo de cassação de Jardel durou um ano. Ele foi envolvido na Operação Gol Contra, que apura desvio de recursos de seu gabinete.

Entre outras questões apuradas estão o envolvimento com drogas, a cobrança de parte dos salários dos servidores para uso pessoal e a utilização da estrutura pública para questões particulares.

Jardel fez história com as camisas de Grêmio e Porto. No clube gaúcho, conquistou a Copa Libertadores de 1995 e dois Campeonatos Gaúchos (1995 e 1996). Em Portugal, faturou três vezes o Campeonato Português.

Quer receber notícias do seu time de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos