'Substituir o Gabriel Jesus é muito difícil', diz presidente do Palmeiras

Do UOL, em São Paulo

  • AFP PHOTO / NELSON ALMEIDA

O presidente do Palmeiras, Mauricio Galiotte, afirmou que o clube está atrás de um substituto para repor a perda de Gabriel Jesus para o Manchester City. Mas admitiu que será difícil achar um atleta com esta mesma qualidade disponível no mercado.

"Substituir o Gabriel Jesus é muito difícil, é uma joia rara do futebol brasileiro. Tem força, habilidade, visão de jogo diferente. É um Atleta diferente dos demais. Acho quase impossível conseguirmos algo parecido. Vamos procurar reforçar. O Elenco é qualificado e forte, mas vamos procurar reforçar. Porém, repor o Gabriel é muito difícil", afirmou em entrevista à Espn Brasil.

Galiotte afirmou também que está à disposição para ajudar a Chapecoense, mas deu a entender que uma liberação de Hyoran para o clube catarinense é praticamente impossível de acontecer.

"Tomamos café com o Plínio (presidente da Chapecoense) e o Palmeiras estará à disposição. O Hyoran é uma situação particular do jogador. Ele foi contratado antes de acontecer (o acidente) e não podemos responder pelo atleta. Hoje ele é atleta do Palmeiras. Mas o que pudemos fazer, vamos fazer", disse Galiotte, que assim com o mandatário da Chapecoense está em Luque (PAR), onde na noite de quarta-feira aconteceu o sorteio da Libertadores.

O torneio continental também foi comentado pelo presidente." São jogos com características próprias, muito pesados, com arbitragem diferente das que estamos acostumados no Brasil. Não marcam qualquer tipo de falta. Temos de nos preparar para uma guerra, uma batalha", afirmou.

 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos