Jogadores sub-20 da Ponte acusam companheiro de furto; suspeito nega

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

  • Reprodução/Google Street View

    Jogador sub-20 é acusado de furtar produtos no alojamento da Ponte Preta

    Jogador sub-20 é acusado de furtar produtos no alojamento da Ponte Preta

Quatro jogadores do time sub-20 da Ponte Preta, que se prepara para disputar a Copa São Paulo, registraram na última sexta-feira um boletim de ocorrência acusando um companheiro de furtar roupas de atletas no alojamento do clube.

O B.O. contra o lateral direito Giovanni, de apenas 19 anos, foi registrado no 1º Distrito Policial de Campinas. Ele é acusado de furtar, entre outros objetos, camisetas, tênis e um relógio.

"É um menino que já foi dispensado da base. A gente não tem culpa nenhuma de absolutamente nada do que aconteceu", contou o vice-presidente da Ponte Preta, Giovanni Dimarzio, em entrevista ao UOL Esporte.

A Ponte Preta divulgou uma nota informando que o jogador já havia sido cortado do grupo por problemas de indisciplina anteriores. Ele inclusive estava saindo de férias no momento em que o fato ocorreu.

Em vídeo que circula no Whatsapp, Giovanni aparece sendo levado para a delegacia em um carro da polícia e é interrogados por alguns policiais sobre as acusações. Ele nega o furto e diz que a prática de pegar roupas dos companheiros é comum entre os jogadores do elenco.

"Eu ia trazer para eles. Sempre foi assim no nosso time. A gente pega uma coisa do outro e avisa: 'peguei sua camisa, semana que vem eu trago, a gente é assim no time'", diz o jogador em um dos trechos do vídeo.

O time sub-20 da Ponte Preta se prepara para disputar a Copa São Paulo a partir de janeiro. A equipe campineira faz a sua estreia no dia 3, às 21h (de Brasília), no estádio Bento de Abreu, contra o América-MG. Marília e Atlético-BA são os outros dois times da chave.

Veja a nota da Ponte Preta na íntegra:

Em relação ao episódio envolvendo o lateral Giovani, a Ponte Preta informa que o jogador havia sido cortado do grupo que disputaria a Copa São Paulo, por indisciplina, e estava saindo em férias quando o fato em questão ocorreu. A Ponte aguarda a conclusão das investigações policiais, com as quais irá colaborar em tudo o que for necessário, para se manifestar ou não a respeito do caso.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos