Posse oficial e dinheiro emperram reforços do Inter antes de 2017

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Internacional.com.br

    Técnico Antônio Carlos Zago espera oito reforços no Internacional

    Técnico Antônio Carlos Zago espera oito reforços no Internacional

O Internacional está no mercado, mas dificilmente anunciará reforços antes da virada do ano. A transição entre as diretorias, após eleição presidencial, é o motivo. A gestão liderada por Marcelo Medeiros ainda toma pé dos detalhes financeiros do clube. Além de entender que não tem legitimidade para assinar contratos, por conta da posse oficial.

A nova diretoria assume, oficialmente, em três de janeiro. Este rito é apontado pelos dirigentes como um impeditivo para assinar contratos com jogadores e outros clubes.

O departamento de futebol, contudo, já tem tratativas em andamento com reforços. A estrutura de dirigentes políticos e remunerados tem vasculhado o mercado atrás de negócios. Sem ter todos os detalhes da situação financeira, a diretoria tem tentando acordos que fiquem engatilhados para os próximos dias.

No começo da semana, a gestão de Vitorio Piffero apresentou peça com proposta orçamentária para 2017. O documento prevê mais de R$ 330 milhões de orçamento. A nova diretoria pretende remodelar os números já no primeiro mês da nova temporada.

Em entrevista ao blog do Praetzel, Antônio Carlos Zago revelou que o plano do Inter é contratar até oito reforços. Jogadores do Juventude foram indicados, como Roberson. Mas nenhuma tratativa com o ex-time do treinador foi iniciada.

A única certeza no grupo de jogadores para o próximo ano, até o momento, é D'Alessandro. Além dele, o Colorado tem uma lista de jogadores considerados fundamentais.

Quer receber notícias do Inter de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos