Modesto diz que Robinho volta quando quiser e revela vontade de Gabigol

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Ernesto Guerra Azevedo/ Santos FC

O presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, concedeu uma entrevista nesta segunda-feira à "ESPN Brasil" na qual voltou a dizer que a volta de Robinho depende da vontade do jogador. Como revelado pelo UOL Esporte, o clube tem interesse em contar com Robinho em 2017 e conversa sobre a possibilidade de tirá-lo do Atlético-MG.

"O Santos é a casa do Robinho. Se ele quiser voltar, ele volta a hora que quiser. Sei que tem mais um ano de contrato com o Atlético-MG, mas não desprezo nunca a volta do Robinho. Se ele quiser voltar, ele sabe que a casa é dele e será recebido de braços abertos", disse o presidente do clube santista.

Modesto também falou sobre o atacante Gabigol, que deixou o Santos para jogar na Inter de Milão na metade do ano. O jogador tem recebido poucas oportunidades na Itália, mas segundo o presidente uma volta no momento é improvável.

"Sempre falamos com o Gabriel, ele sabe da responsabilidade. Se fosse pela vontade dele, já estava treinando no CT. Mas sabemos que ele é responsável e que está cumprindo seu contrato na Inter de Milão", afirmou.

Sobre Gabigol, o UOL Esporte revelou na última semana que o Santos avalia a possibilidade de repatriá-lo caso as negociações com o Atlético-MG por Robinho fracassem. A diretoria santista já foi avisada que o atacante pretende voltar ao clube por empréstimo, mas o seu alto ordenado é o principal empecilho.

Gabriel Barbosa recebe R$ 1,2 milhão por mês na Internazionale, da Itália. O Santos já mandou o recado para os representantes do atleta – só aceitar pagar até R$ 400 mil. Desta forma, Gabigol teria que aceitar perder mais da metade do seu salário.

Em entrevista coletiva, porém, ele disse que vai ficar na Inter de Milão. "Estou contente na Inter, faz só três meses que cheguei. Tenho me adaptado à cidade, ao time. Estou muito feliz na Inter. Espero jogar mais", disse.

De olho no mercado

A volta de Robinho é tratada pelo Santos como prioridade e o acerto para o pagamento de uma dívida de R$ 2 milhões foi o primeiro passo na tentativa de viabilizar a quarta passagem do atacante pelo clube.

Além de Robinho, Cazares é outro atleticano que desperta o interesse do Santos. Situação que fez Modesto Roma ironizar. "Tem vários nomes no Atlético-MG, eles estão com elenco de 30 e poucos (jogadores); tem até o Daniel Nepomuceno (presidente do Atlético-MG), que gostaria de contratar. Seria um reforço excepcional", ironizou, também em entrevista à "ESPN Brasil".

De qualquer forma, Modesto diz que está atento a possibilidades de contratação no mercado brasileiro, mas que está mais fácil conseguir reforços em outros países da América do Sul. "No Brasil os jogadores estão muito caros, por isso estamos procurando mais fora do Brasil que tem uma possibilidade de acerto maior", explicou.

Quer receber notícias do Santos de graça pelo Facebook Messenger? Clique AQUI e siga as instruções.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos